Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O blog Coluna Eco News deseja um 2016 de boas e humanas perspectivas ambientais!

O blog Coluna Eco News deseja um 2016 de boas e humanas perspectivas ambientais. Que a notícia divulgada seja aquela que traga soluções, e por que não  oportunidades com empregos verdes? Reflitamos mais sobre a importância e discussão sobre a temática ambiental. O ano de 2015 mostrou algumas catástrofes ambientais , a exemplo da lama de rejeitos da Samarco, que pela negligência humana tomou proporções destrutivas e irreparáveis ao meio ambiente, que mal se sabe prevê  os anos de reparo dos impactos ambientais causados. Nesse fim de ano, a crise hídrica em São Paulo começa a nos mostrar um outro cenário com o aumento do volume de água do Cantareira, a notícia é que devido o período chuvoso "saímos" do volume morto. Mas, ainda é preciso ter prudência no uso do recurso. Afinal, os consumidores não estão incólumes do alto preço a ser pago. Mas e onde não chove, como fica? E onde chove demais, quais as medidas para mitigar os possíveis impactos ambientais? E a esperança pode vir das metas estabelecidas na COP21, conferência climática de Paris? Quem sabe ainda sejamos um país com mais perspectivas em energias renováveis e por que não dizer com mais investimentos, inclusive com projetos de telhados solares para pessoas de baixa renda? O ano de 2016 nos oferece margens para que possamos buscar soluções viáveis e mais cuidado, prevenção ao nosso meio ambiente. Sigamos com mais atitude e seriedade ao tema! 

Que tenhamos um 2016 de boas notícias ambientais!    

Nova adutora vai garantir o abastecimento de água em Independência


O governador Camilo Santana comanda a inauguração nesta quinta-feira (31). O município do Sertão de Crateús, umas das áreas mais secas do Estado, receberá águas do Açude Jaburu II.

O governador Camilo Santana inaugura, nesta quinta-feira (31), a Adutora de Montagem Rápida (AMR) que garantirá o abastecimento de água da sede urbana de Independência, município situado nos Sertões de Crateús. A obra faz parte do pacote de quatro adutoras contratadas por meio de leilão reverso presidido pelo próprio governador em meados deste ano. Também receberão abastecimento com AMRs os municípios de Ibicuitinga, Arneiroz e Quixeramobim. Destas, a primeira já está em fase de testes e as duas últimas têm conclusão prevista para fins do próximo mês de janeiro. A solenidade de inauguração em Independência está prevista para as 9h30.

São 27,6 quilômetros de tubos que levam água do Açude Jaburu II para as torneiras das residências dos quase 20 mil moradores de Independência. O equipamento já está funcionando em operação assistida. O investimento total da obra foi de R$ 7,4 milhões (recursos do Ministério da Integração Nacional, repassados por meio de convênio com a Defesa Civil do Estado). A Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) supervisionou as obras da adutora, que estiveram a cargo da Construtora S&V.


Outras adutoras

Além da AMR que abastecerá a sede municipal de Independência, outras obras de abastecimento estão em fase de conclusão. Dentre elas, destacam-se a adutora que levará água do Açude Pedras Brancas para Quixeramobim. São 60,1 quilômetros com previsão para conclusão em janeiro. Em Arneiroz, nos Sertões dos Inhamuns, a adutora percorrerá 10,6 km para transportar a água do Açude Arneiroz II para a sede do município. Já Ibicuitinga será abastecida por meio do Eixão das Águas (que leva água do Castanhão para Fortaleza e Região Metropolitana), com tubulação de 27 km de extensão.

Outra adutora em obras levará água do Açude Ubaldinho para sede urbana do município de Cedro, no Centro Sul do Estado. A Adutora de Alto Santo já está concluída e aguarda apenas a ligação da energia por parte da Companhia Energética do Ceará (Coelce).


Por Henrique Silvestre, da Ascom da SRH.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Fim de ano em Fortaleza conta com 25 praias próprias para banho


Foto: Queiroz Netto
Neste fim de ano, os banhistas que estão em Fortaleza podem contar com o total de 25 praias próprias na orla fortalezense. É o que informa o novo boletim de balneabilidade das praias da capital, elaborado nesta terça-feira (29) pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), através de técnicos da Gerência de Análise e Monitoramento (Geamo). Os agentes monitoram 31 trechos que são estratégicos para a recreação primária de banhistas.

Os setores leste e centro apresentaram, cada um, apenas um ponto inadequado, localizados no Farol e entre a Praia dos Botes, respectivamente. Já o setor oeste, que liga a Rua Padre Mororó até a Barra do Ceará, apontou quatro trechos fora dos padrões. São eles: Posto 25 (entre a Av. Pasteur até a Rua Jacinto Matos) , Posto 26 (entre a Rua Francisco Calaça até a Av. Pasteur), Posto 28 (entre a Rua Lagoa do Abaeté até a Rua Seis Companheiros ) e o Posto 31 (Barra do Ceará).

Chuvas e outros fenômenos

O período chuvoso pode alterar o resultado satisfatório da balneabilidade das praias, segundo a equipe da Geamo. O resultado também pode sofrer mudanças com fenômenos tais como ligações clandestinas de esgotos, aumento da maré, presença de animais no entorno, disposição inadequada de resíduos sólidos e regiões de adensamento urbano.

Confira todos os trechos monitorados pela Semace:
SETOR LESTE
Posto 1 – Entre o Posto dos Bombeiros 08 e a foz do Rio Cocó
Posto 2 – Entre os postos 7 e 8 dos Bombeiros
Posto 3 – Entre os postos 6 e 7 dos Bombeiros
Posto 4 – Entre os Posto dos Bombeiros 6 até a Praça da Paz Dom Hélder Câmara
Posto 5 – Entre a Praça da Paz Dom Hélder Câmara e o Posto dos Bombeiros 4
Posto 6 – Entre os postos 3 e 4 dos Bombeiros
Posto 7 – Entre os postos 2 e 3 dos Bombeiros
Posto 8 – Entre os postos 1 e 2 dos Bombeiros
Posto 9 – Entre a rua Ismael Pordeus até Posto dos Bombeiros 1
Posto 10– Entre o Farol até a Rua Ismael Pordeus
Posto 11 – Farol
SETOR CENTRO
Posto 12 – Entre a Praia dos Botes e o Farol
Posto 13 – Entre o Monumento do Jangadeiro até a Praia dos Botes
Posto 14 – Entre a foz do Riacho Maceió e o Monumento dos Jangadeiros
Posto 15 – Entre a Volta da Jurema até foz do Riacho Maceió
Posto 16 – Entre Espigão da Desembargador Moreira até a Volta da Jurema
Posto 17 – Entre a Rua José Vilar e o Espigão da Av. Desembargador Moreira
Posto 18 – Entre Espigão da Rui Barbosa até a Rua José Vilar e o Espigão
Posto 19 – Entre os Espigões da rua João Cordeiro e Av. Rui Barbosa
Posto 20 – Entre o Aquário até o Espigão da Rua João Cordeiro
Posto 21 – Entre o Inace (Ind. Naval do Ceará) até o Aquário
SETOR OESTE
Posto 22 – Entre a Rua Padre Mororó até a Av. Alberto Nepomuceno
Posto 23 – Entre a Av. Philomeno Gomes até a Rua Padre Mororó
Posto 24– Entre a rua Jacinto Matos e a Av. Philomeno Gomes
Posto 25 – Entre a Av. Pasteur até a Rua Jacinto Matos
Posto 26 – Entre a Rua Francisco Calaça até a Av. Pasteur
Posto 27 – Entre a Rua Seis Companheiros até a Rua Francisco Calaça
Posto 28 – Entre a Rua Lagoa do Abaeté até a Rua Seis Companheiros
Posto 29 – Entre a Rua das Goiabeiras até a Rua lagoa do Abaeté
Posto 30 – Entre a foz do Rio Ceará até a Rua das Goiabeiras
Posto 31– Barra do Ceará
*Verde: próprio
*Vermelho: impróprio

Cagece intensifica ações de combate ao Aedes aegypti

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) realiza amanhã (30) mais uma ação de combate ao Aedes aegypti. Durante todo o dia, as unidades de negócio da Companhia estarão mobilizadas para identificar e eliminar todo foco que possa gerar a proliferação do mosquito. O trabalho será realizado pelas equipes do “batalhão de voluntários”, formadas por colaboradores e brigadistas, e equipes de serviços gerais. 

No intuito de ampliar os trabalhos e sensibilizar a população para a importância do combate ao mosquito, a Cagece tem intensificado as ações por meio de limpeza em áreas localizadas no entorno das unidades, bem como fiscalização de telhado da unidade para retirada de telhas quebradas e folhas que possam acumular água. Dentre as atividades educativas, a Companhia também está programando palestras para moradores com temáticas sobre o combate ao Aedes aegypti.

Outra medida programada pela Cagece é o treinamento para colaboradores de limpeza e manutenção. A ideia é capacitar os funcionários para que, durante suas atividades diárias, também possam atuar na identificação e eliminação de possíveis focos do mosquito.

As ações de combate ao mosquito são realizadas semanalmente em todas as unidades da Cagece na capital e interior do Estado. O trabalho realizado segue as diretrizes estabelecidas no Plano de Enfrentamento do Mosquito Aedes aegypti - “Todos conta o Mosquito”, lançado no último dia 21 de dezembro pelo governador do estado, Camilo Santana.

SAIBA MAIS 
O engajamento no combate ao Aedes aegypti é muito importante uma vez que além da dengue, o mosquito também transmite as doenças Chikungunya e Zika. A prevenção é a alternativa mais eficaz para combater o mosquito.

Por Leonardo Costa - Ascom da Cagece

Governador entrega obras hídricas que beneficiam moradores da zona rural de Barreira


Foram investidos R$ 3.579.300,16 , com a implantação de cisternas e a meta é atingir 1500 cisternas com investimento total de R$ 4.110.984,00.

O governador Camilo Santana esteve nesta segunda-feira (28) no município de Barreira, a 72 quilômetros de Fortaleza, onde realizou a entrega de 1030 cisternas de placas, que vão atender a 46 comunidades, beneficiando 1.155 famílias que já estão cadastradas. O chefe do executivo também entregou um chafariz e três dessalinizadores, beneficiando quase 200 famílias da zona rural nas comunidades de Pascoalzinho (90 famílias), Lagoa do Canto (15 famílias) e Umburana/Córrego (80 famílias).

Camilo Santana falou sobre a sua luta, de longa data, para não deixar faltar água para a população cearense. "Eu tive a oportunidade de ter sido secretário do Desenvolvimento Agrário do governador Cid Gomes e me lembro bem quando fizemos uma proposta para a construção de 100 mil cisternas no Ceará. A partir dali conseguimos ampliar e fazer que o estado fosse um dos com maior número de cisternas implantadas da região Nordeste. Se tem algo que estamos penando muito é com a seca, já são quatro anos seguidos e precisamos olhar muito para as pessoas esse ano para não faltar água. Fiz uma avaliação do volume de ações emergenciais investidas na questão hídricas neste ano e o valor passou de R $ 260 milhões. Nossa prioridade é fazer adutoras, cavar poços e informo que estou acabando de comprar 19 novas máquinas perfuratrizes para o Ceará, antes só tinhamos 11", informou.

Já foram investidos no município de Barreira, com a implantação de cisternas, R$ 3.579.300,16 e a meta é atingir 1500 cisternas com investimento total de R$ 4.110.984,00. Já para a construção do chafariz e dos dessalinizadores foram utilizados R$ 142 mil, do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, destacou a importância da implantação das cisternas no trabalho de convivência com a seca. "Estamos negociando para 2016 mais 50 mil  e precisamos do apoio dos deputados. Vamos continuar lutando por esse objetivo de universalizar as cisternas em todo o Estado nesse momento de seca. O governador foi o secretário de Desenvolvimento Agrário que iniciou a negociação dessas cisternas e vamos trabalhar firme para continuar com esse projeto", disse.

O secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, reforçou o trabalho do chefe do executivo para levar água para a população. "O governador tem feito todo o esforço para não faltar recursos para combater a seca. Só nessa região, são 10 dessalinizadores que ajudam a lidar com esse problema, entre outras ações como mais de 200km de adutora só no primeiro ano do governo Camilo Santana", disse.

Morador de Barreira, o agricultor Hélio Mendonça da Silva se mostrou feliz com os benefícios. "Ter água nunca é demais, é algo que todos precisamos. Podemos dizer que somos abençoados por ter um governador que se importe conosco e não nos deixa passar por maiores necessidades", disse.

A dona de casa Francisca Carmen de Oliveira também compartilha da mesma satisfação. "Receber todas essas obras é um presente de fim de ano para nós. Sabemos que a falta de água é um problema que muitos vivem, mas graças a essa atenção, poderemos usufruir da água, algo essencial para a vida de todo ser humano", disse.

Estiveram também presentes na solenidade o secretário da Fazenda, Mauro Filho; os deputados federais José Guimarães e Domingos Neto; o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque; o prefeito de Barreira, Antônio Peixoto; entre outros.


Chafarizes e dessalinizadores

Neste ano, a Sohidra já instalou 273 chafarizes em comunidades rurais e sedes municipais. O Governo do Estado também tem investido na implantação de dessalinizadores. Até agora foram instalados 37 equipamentos e outros 31 estão em fase de conclusão. Pela Secretaria dos Recursos Hídricos, em convênio com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), outros 222 dessalinizadores estão sendo implantados em 44 municípios dentro do Programa Água Doce. Setenta deles já estão funcionando.


Cisternas

A entrega é uma realização do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Governo do Estado, executado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário em parcerias com ONG'S, que entregarão 7.947 cisternas em 11 municípios cearenses, com investimento total de R$ 21.999.997,98. Barreira foi o primeiro dos 11 municípios a receber as cisternas de placa.

Por: Thiago Sampaio - Governo do Estado 
Fotos: Tiago Stille

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Instituto Jogue Limpo destina para reciclagem 96 milhões de embalagens plásticas de lubrificantes em 2015

Rio de Janeiro, 28 de dezembro de 2015 – Associação de empresas que tem como objetivo colocar em prática a logística reversa de embalagens plásticas de óleo lubrificante usadas, o Instituto Jogue Limpo destinou para reciclagem 96 milhões de embalagens plásticas em 2015. O resultado expressivo representa um crescimento de 17% ante 2014 (82 milhões de embalagens).

Com isso, o número de embalagens recolhidas e enviadas para a reciclagem desde o início das operações, em 2005, chega a mais de 435 milhões de unidades.

Dentre os Estados que lideram o ranking de destinação estão São Paulo (21 milhões), Rio Grande do Sul (19 milhões), Paraná (13 milhões), Minas Gerais (10 milhões) e Rio de Janeiro (9 milhões).

"Há cinco anos, em 2010, foram destinadas 22 milhões de embalagens. Hoje operamos em mais de 3.250 munícipios, em 14 Estados e DF. Temos mais de 42 mil pontos geradores cadastrados e 21 centrais de recolhimento. Nosso trabalho vem crescendo consistentemente ", avalia Ezio Antunes, Diretor Executivo do Instituto Jogue Limpo.

De acordo com o executivo, a meta para 2016 é alcançar a presença em 100% dos municípios dos Estados onde atua.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) ,instituída pela Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, regulamentada pelo Decreto Nº 7.404 de 23 de dezembro de 2010, e que consolida o conceito de logística reversa e a responsabilidade compartilhada de todos que atuam em um determinado mercado, prevê multas e outras sanções para quem deixar de cumpri-las.

"A sociedade precisa, cada vez mais, pensar no pós-consumo", observa Antunes. "A tendência é que órgãos como o Ministério do Meio Ambiente, Ibama e outras entidades de fiscalização e proteção ambiental exijam de forma gradativa, nos próximos anos, uma maior atenção das empresas com o destino e tratamento de resíduos descartados", alerta.

Prefeitura tem Carta Consulta de ações ambientais aprovada para financiamento com o Banco Mundial


Pela primeira vez, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), obteve aprovação da Carta Consulta para um empréstimo junto ao Banco Mundial (Bird). Ou seja, o Município possui agora a possibilidade de solicitar o financiamento de aproximadamente R$ 280 milhões, que será voltado para o Programa Fortaleza Cidade Sustentável, o qual prevê ações integradas nas áreas de Planejamento de Gestão Urbana e Ambiental; Recuperação dos Ambientes Social, Urbano e Ambiental; e Governança. 
A partir do empréstimo, ações ambientais importantes serão desenvolvidas, como a implantação do aguardado Parque Rachel de Queiroz, que possui impacto direto em 14 bairros numa área na qual sete destes apresentam as mais baixas faixas de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), nas Secretarias Regionais I e III. Com isso, pretende-se aumentar o índice de área verde por habitante de 8m2  para 15m2, segundo o  recomendado pela Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU).
Outro foco do empréstimo é a realização de iniciativas de saneamento básico; melhoria nos índices de balneabilidade de praias por meio da interceptação e tratamento de esgotos clandestinos na rede de drenagem da Bacia da Vertente Marítima; recuperação da área de preservação permanente com o replantio da mata ciliar e da instalação de sistemas de tratamento de água ao longo dos recursos hídricos; otimização na rede de esgotamento sanitário; e inspeções de galerias pluviais por robôs, para evitar a contaminação de riachos, rios e lagoas e consequente poluição do mar. O recurso significa um grande salto na qualidade de vida e ambiental do Município. Com estas ações, pretende-se alcançar, sobretudo, a balneabilidade das praias em toda a Capital cearense.
Para Águeda Muniz, secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, o financiamento representa uma importante oportunidade para a concretização de iniciativas que tornarão Fortaleza uma cidade mais verde e mais limpa. "O prefeito Roberto Cláudio já desenvolve diversos programas que têm tornado o Município um lugar que oferece aos cidadãos uma melhor qualidade de vida. A aprovação do recurso demonstra todo o cuidado e a dedicação que a gestão ambiental tem com a Cidade".

Mobilização contra o Aedes aegypti recebe reforço do governador e prefeito em Fortaleza


Camilo Santana e Roberto Cláudio atuaram ao lado de agentes de endemias e militares nos bairros José Walter e Meireles na manhã desta segunda-feira (28)

A casa do motorista Cláudio Belisário, de 49 anos, foi uma das 10 mil moradias que participaram, nesta segunda-feira (28), do mutirão contra o mosquito Aedes aegypti, no bairro José Walter, em Fortaleza. Atuando como “agentes”, o governador Camilo Santana, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o general Freire Gomes, comandante da 10ª Região Militar, juntaram-se aos 610 agentes de endemias e 120 militares, que realizaram a inspeção e prevenção do mosquito com as famílias da região.

“O mais importante é estarmos aqui para conscientizar as famílias da importância de fazerem a sua parte em suas residências. Nós estamos neste dia fazendo um chamado de alerta para toda a população do Ceará. Reunimos as autoridades executivas, parlamentares e militares para mostrar a importância desta grande mobilização. Todos unidos contra o mosquito da dengue”, destacou o governador Camilo Santana.

Atendendo de pronto ao chamado dos “agentes” na sua porta, Cláudio Belisário ressaltou que essa ação inédita agrega e conscientiza ainda mais as pessoas do bairro. “Moro no José Walter há 35 anos e nunca tinha vista uma ação nessas proporções. Ver essa iniciativa do governador e do prefeito em visitar e participar de perto, é muito incentivador. Fico satisfeito com o gesto de vir em nossas casas intensificar as ações dos agentes de endemias, conscientizando as pessoas a abrirem suas portas e combaterem o mosquito da dengue”, comentou o morador.

Para o prefeito Roberto Cláudio, a mobilização de vários órgãos públicos com o intuito de eliminar os casos de dengue é mais que um compromisso, mas uma ação de utilidade pública. “Temos uma grande equipe que foi construída em uma parceria institucional entre o Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Fortaleza e Exército Brasileiro. Com isso, temos como garantir a visita de várias residências e conscientizar um maior número de pessoas. Isso nos dá mais autonomia para chegarmos ao número mínimo de casos. O importante é não deixar que esse seja um problema do outro. Todos temos a responsabilidade no que diz respeito a saúde pública.

A ação integra o Plano Estadual de Enfrentamento ao Aedes aegypti, lançado no último dia 21 de dezembro. Na ocasião, foi anunciada, entre outras ações, a formação de uma brigada para dizimar o mosquito e o Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento a dengue, chikungunya e zika, com a finalidade de propor, articular, coordenar e avaliar ações destinadas ao controle do vetor, reduzir a incidência das doenças e seus efeitos.

Iniciando também as ações em mil residências do bairro Meireles, Camilo Santana ressaltou as medidas que o Estado tem feito para que as ações dos agentes possam ser mais efetivas. “Estou enviando para a Assembleia Legislativa uma lei permitindo a entrada nas residências e em imóveis abandonados, autorizando que os agentes ou qualquer servidor público possam entrar nesses locais. Não adianta fazer toda uma ação no bairro e rua, faltando apenas um local em que não foi autorizada sua entrada”, afirmou o governador.


Plano Estadual de Enfrentamento

Conforme anunciou o governador Camilo Santana no lançamento do Plano, além do efetivo militar, quatro mil agentes de endemias e 18 mil agentes de saúde em todo o estado intensificarão as ações de visita casa a casa para o combate ao Aedes aegypti. Três toneladas de larvicida, já distribuídas aos 184 municípios, estão sendo utilizadas na eliminação dos focos de infestação domésticos. O Governo do Estado garantiu 250 pulverizadores portáteis para aspersão de inseticida e 33 carros fumacê no combate ao mosquito. Estão disponíveis 1.366 litros de inseticida e 25 mil litros de óleo de soja (solvente), suficientes para pulverizar 17 mil quarteirões.

O Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e do vírus Zika. A única maneira de evitar essas doenças é não deixar o mosquito nascer. Para isso, é necessário acabar com os criadouros, lugares de nascimento e desenvolvimento do mosquito. A ação preventiva tornou-se mais urgente depois que o Zika teve relação confirmada pelo Ministério da Saúde com a microcefalia, malformação cerebral que influência o desenvolvimento dos bebês.


Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Fotos: Carlos Gibaja 

Mestrado - IFCE abre inscrições para mestrado acadêmico em Tecnologia e Gestão Ambiental

Boa notícia para aqueles que visam se especializar em Gestão Ambiental: nesta segunda-feira (28/12) foram abertas inscrições para o Mestrado acadêmico em Tecnologia e Gestão Ambiental, do Instituto Federal do Ceará (IFCE). Mais informações: http://www.fortaleza.ifce.edu.br/index.php/56-noticias/destaques/2010-edital-de-mestrado-oferta-14-vagas-inscricoes-poderao-ser-realizadas-ate-o-dia-12-de-janeiro-pela-internet

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Cagece realiza intervenção na Praia do Futuro e Mucuripe


A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) iniciou obra de melhoria da rede de esgotamento sanitário na área que vai da Praia do Futuro ao Mucuripe. A obra consiste na instalação de nova tubulação na rede de esgoto, que tem por objetivo melhorar o funcionamento da rede coletora da área. A intervenção foi necessária devido ao aumento da demanda pelo serviço de coleta de esgoto, especialmente, motivada pelo crescimento populacional e imobiliário em Fortaleza.
 
Para dar maior agilidade, o serviço acontece de forma simultânea em diversos pontos, o primeiro na avenida Clóvis Arrais Maia (Praia do Futuro) e o segundo nas avenidas Vicente de Castro, Abolição e Rua da Paz (Mucuripe). A previsão é que a obra seja concluída até o dia 31 de dezembro de 2015.
 
Para realização do serviço foi necessário interditar uma faixa de cada avenida/rua, de acordo com o andamento da obra. Ao todo, serão instalados 4.200 metros de nova tubulação.
 
A etapa que acontece na Praia do Futuro tem extensão de 2.300 metros, no trecho compreendido entre o Clube do Médico e o Clube de Engenharia. No trecho, está sendo instalado uma tubulação de 250mm à rede de esgoto. 

Já a etapa que acontece no Mucuripe, possui 1.900 metros de extensão que vai da avenida Vicente de Castro, passando pela avenida Abolição (até a Igreja da Saúde), seguindo até a rua Frei Mansueto pela rua da Paz. Para execução da obra estão sendo investidos R$ 871 mil, com recursos próprios da Cagece.

Fonte: Leonardo Costa da Ascom da Cagece

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Instituto Jogue Limpo já recolhe o equivalente a mais de 50% das embalagens plásticas de lubrificantes nas localidades onde atua


§  Em novembro, o Jogue Limpo atingiu a marca de 430 milhões de embalagens plásticas encaminhadas para reciclagem, desde o início das operações, em 2005

§  O número de fechamento para 2015 é de 96 milhões de embalagens plásticas encaminhadas para reciclagem.

§  Resultado representa crescimento de 113% em relação a 2011, e de 45% ante 2014.

Rio de Janeiro, 14 de dezembro de 2015 – Associação de empresas que tem como objetivo colocar em prática a logística reversa de lubrificantes, o Instituto Jogue Limpo já recolhe o equivalente mais de 50% das embalagens plásticas de óleo lubrificante lançadas no mercado automotivo, nas localidades onde atua.

"Operamos hoje em mais de 3.250 munícipios, em 14 Estados e DF. Temos mais de 42 mil postos geradores cadastrados e 21 centrais de recolhimento. Nosso trabalho vem crescendo constantemente, tanto que atingimos, em novembro, a expressiva marca de mais de 430 milhões de embalagens plásticas encaminhadas para reciclagem, desde o início das nossas operações em 2005", conta Ezio Antunes, Diretor Executivo do Instituto Jogue Limpo.

De acordo com o executivo, o número de fechamento para 2015 é de 96 milhões de embalagens plásticas encaminhadas para reciclagem. "Esse resultado representa um crescimento de 113% em relação a 2011, quando recebíamos 44 milhões de embalagens e um crescimento de 45% ante 2014", comemora.

Em 2014, o crescimento foi de 37%, na comparação com 2013.

O Instituto Jogue Limpo, tem sua origem em programa iniciado em 2005, no Rio Grande do Sul, por iniciativa dos principais fabricantes de lubrificantes

"Nosso trabalho tem sido efetivo", diz. "O programa chega aos 10 anos de uma maneira madura, superando metas e contando com o reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e dos órgãos ambientais", observa.  "Esse foi um período de aprendizado e conscientização. A meta do Instituto agora é expandir a sua atividade para novas áreas, utilizando a experiência adquirida e usando uma modelagem que garanta um envolvimento ainda maior de todos os participes do mercado”, explica Antunes.


Sindsorvetes fecha 2015 com ações efetivas e sustentáveis junto aos associados


O presidente do Sindsorvetes, Flávio Oliveira.
O Sindsorvetes Ceará fecha o ano de 2015 com muitos avanços em ações de sustentabilidade e proteção do meio ambiente junto aos associados e parceiros. Durante o ano, todas as empresas filiadas ao Sindsorvetes passaram por um diagnóstico individual na área ambiental para identificar o quanto cada uma gerava de resíduo. Após isso, foi feito o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos para todas as empresas. Como as empresas já vinham de um processo de capacitação muito forte devido ao projeto Procompi, em parceria com o Sebrae, esse ano focou-se em ações na área ambiental, liderança e gestão de pessoas. 

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

CAR - Definidas novas metas para o Cadastro Ambiental Rural em 2016

Equipe da Diflo- Semace, MMA/SFB e técnicos de outros estado.
O Ministério do Meio Ambiente e Serviço Florestal Brasileiro definiu novas metas para a implementação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) em 2016. Dentre elas, a necessidade dos governos estaduais adotarem campanhas de divulgação, o apoio técnico e operacional às entidades parceiras envolvidas no atendimento e o cadastramento dos proprietários e posseiros rurais. “Essas inciativas ficaram a cargo das unidades da federação, com o prazo final para suas execuções em maio do próximo ano”, informou a técnica da Diretoria Florestal da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Tereza Farias.

O estado do Ceará, por meio de ações da Semace-Diflo, aderiu junto ao MMA/SFB a utilização do Sistema de Cadastro Ambiental Rural-SICAR Nacional, bem como outros 17 estados da federação, motivando discussões técnicas e a tomada de decisões conjuntas, otimizando recursos financeiros e promovendo a implementação de ações compartilhadas em áreas florestais com sustentabilidade ambiental. Em 2015, algumas novas funcionalidades foram desenvolvidas para atender demandas dos estados, bem como aprimorar o sistema SICAR1.0, estando previsto sua liberação a partir de janeiro de 2016.

A necessidade de cada unidade da federação e a construção de uma agenda nacional conjunta para o exercício de 2016 também são pontos analisados pelo MMA/SFB. “Para o desenvolvimento do trabalho foram priorizadas ações inerentes à nova versão do SICAR 2.0, em fase de teste pelo MMA/SFB e a equipe da Universidade Federal de Lavras”, disse Tereza.

Ainda de acordo com ela, pelo cadastramento se tratar de um ato declaratório do posseiro e ou proprietário rural, o mesmo deve está consciente e informado sobre os prejuízos e benefícios advindos do novo Código Florestal. “Vários representantes estaduais demonstraram preocupação, por não se tratar de um simples questionário e sim um documento com vinculação à Lei 12.561/12, ficando a cargo do órgão ambiental competente a responsabilidade técnica de apoiar nas etapas de cadastramento, análise e validação ou não dos respectivos cadastros”, ressaltou.

Para atender a legislação vigente com foco no monitoramento, fiscalização e controle ambiental, as metas para a implementação do CAR devem ser seguidas destacando: o conhecimento e utilização das novas funcionalidades de módulo de cadastro; os módulos de análise e de elaboração do Plano de Regularização Ambiental – PRA, em elaboração pelo SFB.

A convite do MMA/SFB, as técnicas da Diflo da Semace Tereza Farias, Marcela Mendonça e Jaine Cubas estiveram na sede dos órgãos em Brasília, no 2º Encontro de Órgãos Estaduais de Meio Ambiente (OEMAs), que tratou sobre a implementação do CAR e a situação atual de todos os estados brasileiros.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Inventário Florestal do Ceará é apresentado e discutido na Semace nesta sexta-feira (11)


Reconhecer a reserva florestal do estado do Ceará e direcionar dados para a implementação da política estadual a partir do diagnóstico dos estudos de áreas conservadas e degradadas do Estado. É com esse intuito que o Governo do Estado, através da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), realizará nesta sexta-feira (11) uma oficina de apresentação de resultados preliminares do Inventário Florestal no Ceará (IFN CE), com a participação de técnicos do Serviço Florestal Brasileiro (SFB). O evento tem como objetivo discutir os principais resultados, apontando experiências e sugestões para a tomada de decisão do documento florestal no Estado.

O trabalho visa coletar informações qualitativas e quantitativas dos recursos florestais locais, para motivar a formulação e execução de políticas públicas de desenvolvimento, uso e conservação desses recursos. “No Ceará, o inventário tem se destacado, sendo o segundo estado a apontar o estudo, tendo maior relevância devido as suas características florestais uma vez que a cobertura vegetal é predominantemente marcada pela Caatinga. Além dele, o estado também aponta características de Mata Atlântica localizadas em topo de serras”, informa a Diretoria Florestal (Diflo) da Semace.

O primeiro estudo sobre as florestas no Ceará foi realizado em 1994. O segundo inventário tem como avanço reconhecer o que existe de reserva florestal no estado. “Os estudos vão mostrar o que avançou e que não avançou com relação a nossa reserva florestal, para que a sociedade possa usufruir dos resultados do benefício das reservas florestais, a partir de condicionantes técnicas. Com isso podemos definir uma nova política florestal no Estado”, ressaltou o técnico da Diflo, Raimundo Costa.

“A atividade está prevista em lei e tem o objetivo de subsidiar a análise da existência e qualidade das florestas do Brasil, em imóveis privados e terras públicas, por meio do levantamento de dados biofísicos e socioambientais”, explica a gerente executiva de informações florestais do SFB, Claudia Rosa. Ainda de acordo com ela, as informações coletadas pelo IFN representam uma oportunidade de conhecimento a respeito dos estoques e da biodiversidade dos recursos florestais e sua importância para as comunidades rurais, servindo de suporte e orientação para os governos e a sociedade no desenvolvimento de políticas de manejo e conservação das florestas.

De acordo com a metodologia do IFN, o estado do Ceará foi mapeado seguindo um grid de 20 x 20, onde a cada 20 Km foi estabelecida uma Unidade Amostral (UA). As UAs são também denominadas de conglomerados, que são pontos para o levantamento dos dados biofísicos e para a realização das coletas de amostras de solos e de material botânico. Ao todo ficaram ordenados 377 conglomerados no grid de 20 x 20 e mais 80 UA de adensamento nas Unidades de Conservação. Ainda, no entorno de cada conglomerado são indicadas residências para a realização de entrevistas para o levantamento de dados socioambientais.

Confira a programação da oficina:
Horário
Tema
Responsável
08:30 – 09:00
Abertura Dirigentes SEMACE/SFB
09:00 – 09:15
Apresentação dos participantes e da metodologia de trabalho
Joberto Veloso de Freitas – Diretor de Pesquisa e Informações do SFB
09:15 – 09:45
Inventário Florestal Nacional – Metodologia e situação atual de implementação no País
09:45 – 10:00
Apresentação do Relatório Preliminar de Resultados do Inventário Florestal Nacional no Ceará
10:00 – 10:30 Intervalo
10:30 – 11:00
Extensão dos Recursos Florestais do Ceará Diversidade Biológica e Saúde das Florestas As Florestas em UCs do Ceará
Claudia Rosa – Gerente de Informações Florestais – SFB
11:00 – 12:00
Discussões
12:00 – 14:00 Intervalo para almoço
14:00 – 14:30
Estoques de madeira , biomassa e carbono armazenado nas florestas do Ceará
Alessandra Voigt – Eng. Florestal – Técnica SFB
14:30 – 15:00
Discussões
15:00 – 15:30
Aspectos socioambientais das florestas do Ceará
Camila Oliveira – Eng. Florestal – Técnica SFB
15:30 – 16:00
Discussões
15:30 – 16:00 Intervalo
16:00 – 16:30
Potenciais usos das informações do IFN
Prof. José de Arimatea Silva
16:30 – 18:00
Discussões, encaminhamentos e encerramento

Serviço:
Oficina de Apresentação dos Resultados do Inventário Florestal no Ceará
Data: 11 de dezembro de 2015
Local: Auditório Régia Nântua da Semace – Rua Jaime Benévolo, 1.400, Fátima, Fortaleza-CE
Horário: 08h30 às 18h

Foto: site do SFB

Exclusivo - Eco turismo no Ceará - Deputado federal Paulo Henrique Lustosa apresenta projeto de turismo sustentável ao MTur



Exclusivo para a Coluna Eco News - O deputado federal Paulo Henrique Lustosa (PP/CE)
se reuniu ontem, quarta-feira (09), com o ministro do Turismo, Henrique Alves, para tratar sobre projetos relacionados ao turismo no estado do Ceará. Na oportunidade, o parlamentar apresentou para a equipe do ministro um projeto para desenvolvimento do eco turismo e turismo sustentável nas Unidades de Conservação Estaduais do Ceará. Após sinalização positiva do ministério, o deputado levará o projeto ao Governo do Estado para discutir sua implantação. 
O Deputado Federal Paulo Henrique Lustosa e o ministro do Turismo, Henrique Alves





quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Prevfogo-CE atua em incêndio florestal no estado do Maranhão nesta quarta-feira (09)

E nesta quarta-feira (09/12), o blog Coluna Eco News recebeu com exclusividade registros do incêndio florestal em três terras indígenas, no estado do Maranhão, enviados pelo coordenador do Prevfogo/Ibama no Ceará, Kurtis François. Segundo ele, o Brif-E Caatinga de Quixeramobim-CE, composto por 90 brigadistas está atuando naquela região, além de mais de 100 indígenas guardiões da floresta e uma guarnição de bombeiros. O grupo do Ceará atende uma solicitação do Centro Nacional do Prevfogo.


Kurtis François durante operação aérea


Reunião com os indígenas guardiões da floresta do MA





terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Reciclando Atitudes - Prefeitura de Fortaleza já coletou 150 mil litros de óleo

imagem ilustrativa da web

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), já viabilizou, neste ano, a entrega de 150 mil litros de Óleos e Gorduras Residuais (OGR) para a Rede e a Cooperativa de Catadores, que congrega 14 associações na Região Metropolitana de Fortaleza. O número significa um incremento de 27%, quando comparado ao total recolhido em todo o ano passado.

O OGR coletado pela Prefeitura de Fortaleza é beneficiado na Usina de Pré-Tratamento do Centro de Triagem do Bonsucesso, equipamento mantido pelo poder público municipal. Os catadores que atuam no local limpam e equilibram o PH do material que é, então, vendido e encaminhado à Usina de Biodiesel em Quixadá. A renda é toda revertida para os profissionais da reciclagem.

De 2014 a 2015, a Prefeitura avançou, em parceria com a Rede de Catadores e a sociedade civil organizada, na logística de recolhimento do OGR em estabelecimentos comercais que quisessem doá-lo, o que levou ao número de 160 empreendimentos entregando este tipo de resíduo, entre lanchonetes, restaurantes, etc. Além disso, a instituição da Política Municipal de Resíduos Sólidos, com uma legislação que apoiou mudanças nas exigências à coleta para o setor empresarial, contribuiu para este aumento.

“Seguindo a diretriz recomendada pelo prefeito Roberto Cláudio, os Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) aprovados pela Seuma agora exigem a destinação adequada do OGR já descrita no documento apresentado pelo empreendedor, colocando empresários diretamente em contato com as associações de catadores”, explica Águeda Muniz, titular da Seuma.

A iniciativa faz parte do Programa Reciclando Atitudes, cujo objetivo é promover processos de reciclagem com a inclusão dos catadores, incentivar a coleta adequada de resíduos e garantir a manutenção da qualidade ambiental e processos sustentáveis de reciclagem, observando os aspectos ambiental, social, econômico e energético. Com isso, a iniciativa colabora para a efetivação de uma Cidade sustentável.

Capacitação GRATUITA: Inscrições aberta para palestra sobre sustentabilidade em Fortaleza


Dica boa de capacitação: palestra GRATUITA, a ser realizada no dia 10 de dezembro, Hotel Oásis Atlântico-Avenida Beira-Mar, e que leva o tema SUSTENTABILIDADE, com o mediador: Maiso Dias, da Associação Brasileira de Recursos Humanos-Ceará. A Dialogus Consultoria em Responsabilidade Social é responsável pela organização do evento.

As inscrições podem ser feitas pelo contato: thays@dialogusconsultoria.com.br com o título "Facebook". As vagas são limitadas!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Projeto Diálogos Urbanos aborda o tema “Agroecologia urbana e direito a cidade”


agroecologia

Na próxima quinta-feira, 10 de dezembro, das 18h às 21h, acontece no Paço Municipal de Acarape/CE (antiga Estação Ferroviária), mais uma edição do Diálogos Urbanos, que irá abordar o tema “Agroecologia e direito a cidade”.

O evento, aberto à comunidade acadêmica, os gestores e técnicos municipais e a sociedade civil do Maciço de Baturité, é promovido por meio de uma parceria entre o Projeto Diálogos Urbanos e o Programa SEMEAR alimentos e ideias. Conta também com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex).

“Ao trazer para a cidade o debate sobre Agroecologia, pretende-se focar dois temas principais: alimentação e resíduos sólidos (lixo). Trata-se de discutir questões como: eu cuido da cidade? Meu comportamento contribui para uma cidade limpa ou suja? Eu produzo lixo? O que eu faço com o lixo que eu produzo? Meu comportamento com o lixo contribui para uma cidade limpa e saudável?”, explica Eduardo Machado, prof. do Instituto de Humanidades e Letras (IHL) e um dos organizadores do evento.

Quiintal
Segundo Eduardo Machado, “será também discutida a importância dos quintais como espaço de produção de alimentos e plantas medicinais e sua relação com o direito a cidade. O que eu planto no meu quintal? Podemos ter uma cidade diferente? Alguém planta plantas medicinais, legumes, verduras? Ou fruteiras? Há terras onde isso pode ser feito?”

Para tanto, será formada uma Mesa Redonda com a participação de Alessandro Nunes, da Cáritas Regional/CE; Anna Erika Lima, Profa. do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia/Baturité; e Iram Pereira, militante ambientalista. 

Ainda como parte da programação, o Programa Semear lançará o “Selo Amigo Semeador”, que incentivará os agentes urbanos de Acarape – pessoas, famílias, agentes públicos ou privados – a doar o lixo reciclável para os catadores de resíduos sólidos, reduzindo o volume de lixo nas ruas da cidade, que é enviada para os lixões.

Sobre o projeto

O Projeto Diálogos Urbanos mensalmente dialoga sobre temas importantes para a cidade e o urbano, buscando contribuir para que cada pessoa possa refletir sobre seus valores e práticas, trazendo convidados que detêm conhecimentos e experiências importantes na área.

O Programa de extensão “Semear alimentos e ideias: colher saúde e desenvolvimento” desenvolve ações nos municípios de Acarape e Redenção na área de alimentação saudável e produção sustentável de alimentos, educação ambiental e limpeza urbana.

Fonte e fotos: 

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

20 trechos próprios para prática primária na orla de Fortaleza

Os setores leste, centro e oeste da orla marítima de Fortaleza apresentam o total de 20 trechos apropriados para a prática primária no mar. A informação é destacada pelo novo boletim de balneabilidade das praias fortalezenses, finalizado nesta sexta-feira (04) pela Gerência de Análise e Monitoramento (Geamo) da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), que considera análises de 31 pontos considerados estratégicos na Capital.

De acordo com os técnicos da Geamo, um trecho é considerado próprio quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras obtidas em cada uma das cinco semanas anteriores, colhidas no mesmo local, houver no máximo 1.000 coliformes termotolerantes por 100 mL da amostra. Essas análises são baseadas na Resolução 274 do Conselho do Meio Ambiente (Conama), de 29 de novembro de 2000.

Os trechos monitoramentos pela Semace:

SETOR LESTE
Posto 1 – Entre o Posto dos Bombeiros 08 e a foz do Rio Cocó
Posto 2 – Entre os postos 7 e 8 dos Bombeiros
Posto 3 – Entre os postos 6 e 7 dos Bombeiros
Posto 4 – Entre os Posto dos Bombeiros 6 até a Praça da Paz Dom Hélder Câmara (Praça 31 de Março)
Posto 5 – Entre a Praça da Paz Dom Hélder Câmara (Praça 31 de Março) e o Posto dos Bombeiros 4
Posto 6 – Entre os postos 3 e 4 dos Bombeiros
Posto 7 – Entre os postos 2 e 3 dos Bombeiros
Posto 8 – Entre os postos 1 e 2 dos Bombeiros
Posto 9 – Entre a rua Ismael Pordeus até Posto dos Bombeiros 1
Posto 10– Entre o Farol até a Rua Ismael Pordeus
Posto 11 – Farol

SETOR CENTRO
Posto 12 – Entre a Praia dos Botes e o Farol
Posto 13 – Entre o Monumento do Jangadeiro até a Praia dos Botes
Posto 14 – Entre a foz do Riacho Maceió e o Monumento dos Jangadeiros
Posto 15 – Entre a Volta da Jurema até foz do Riacho Maceió
Posto 16 – Entre Espigão da Desembargador Moreira até a Volta da Jurema
Posto 17 – Entre a Rua José Vilar e o Espigão da Av. Desembargador Moreira
Posto 18 – Entre Espigão da Rui Barbosa até a Rua José Vilar e o Espigão
Posto 19 – Entre os Espigões da rua João Cordeiro e Av. Rui Barbosa
Posto 20 – Entre o Aquário até o Espigão da Rua João Cordeiro
Posto 21 – Entre o Inace (Ind. Naval do Ceará) até o Aquário

SETOR OESTE
Posto 22 – Entre a Rua Padre Mororó até a Av. Alberto Nepomuceno
Posto 23 – Entre a Av. Philomeno Gomes até a Rua Padre Mororó
Posto 24– Entre a rua Jacinto Matos e a Av. Philomeno Gomes
Posto 25 – Entre a Av. Pasteur até a Rua Jacinto Matos
Posto 26 – Entre a Rua Francisco Calaça até a Av. Pasteur
Posto 27 – Entre a Rua Seis Companheiros até a Rua Francisco Calaça
Posto 28 – Entre a Rua Lagoa do Abaeté até a Rua Seis Companheiros
Posto 29 – Entre a Rua das Goiabeiras até a Rua lagoa do Abaeté
Posto 30 – Entre a foz do Rio Ceará até a Rua das Goiabeiras
Posto 31– Barra do Ceará

*Verde: próprio
*Vermelho: impróprio

Oficina discute produção de energia heliotérmica no Ceará

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), através do seu Núcleo de Energia, realiza, nesta segunda-feira (7/12), de 8h30min às 16h30min, a “Oficina Energia Heliotérmica no Ceará: Oportunidades e Desafios". O evento, com o objetivo de estudar oportunidades de negócios na área da heliotermia e a adoção de ações para a estruturação dessa tecnologia no Ceará, é uma parceria com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável - Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

A energia heliotérmica acumula o calor proveniente dos raios solares, geralmente com uso de espelhos. A moderna tecnologia permite que esse calor acumulado venha ser usado tanto para processos industriais que demandam altas temperaturas como para gerar eletricidade.

O evento contará com a participação de representantes de diversas instituições estaduais, empresários e especialistas em energia solar.

SERVIÇO: “Oficina Energia Heliotérmica no Ceará: Oportunidades e Desafios"

Data: 07/12/2015 (segunda-feira)
Horário: 8h30min às 16h30min
Local: Sala Vip (cobertura da FIEC)
Avenida Barão de Studart, 1980

Prevfogo-CE prepara brigadistas para atuar em incêndio florestal no Maranhão

Unidades de comando com 15 brigadistas e o coordenador do Prevfogo-CE, Kurtis François
No registro, o Brif-E Caatinga sediada em Quixeramobim-CE recebendo as últimas instruções para atender evento de incêndio florestal em terra indígena no município de Santa Inês-MA, por solicitação do Centro Nacional do Prevfogo. Saída às 5h30 da manhã desta sexta-feira (04/12), segundo o coordenador do Prevfogo/Ibama no Ceará, Kurtis François.

Instituto Promil e Coelce promovem curso para auxiliar na prevenção de acidentes domésticos e uso consciente da energia e água

O Instituto Promil, em parceria com a Coelce, está disponibilizando vagas para o curso Prevenção de Acidentes Domésticos, Primeiros Socorros e uso consciente de energia e água, que ocorre amanhã (sábado), de 8 às 16h, e abordará segurança e economia de energia e água.

Os interessados devem comparecer à sede do Promil, na rua Oto de Alencar, 215 – Jacarecanga (Corpo de Bombeiros), portando o RG ou certidão de nascimento (cópia). O Instituto funciona de segunda à sexta, de 8 às 20h, e aos sábados, de 8 às 13h. O curso é inteiramente gratuito e está sendo destinado para dona(o) de casa. Para mais informações, ligar no (85) 3091.3879.

Natal com sustentabilidade - Coelce inaugura maior árvore de Natal do Ceará com 5100 lâmpadas de led

Foto ilustrativa da web

Estrutura terá 60 metros de altura, 950 metros de renda e 5100 lâmpadas de led

Natal com sustentabilidade. Baseada nesse conceito, a Coelce inaugura, na próxima sexta-feira (4), às 18 horas, a maior árvore de Natal do Ceará, que será também a maior do país decorada com renda, para promover o artesanato produzido no estado. A atração faz parte do programa Energia Social, que promove a valorização de manifestações culturais locais. A árvore foi construída na sede da empresa, na Rua Padre Valdevino, número 150, bairro Joaquim Távora.

A nova árvore terá 60 metros de altura e será maior, por exemplo, do que as árvores deste ano da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, que tem 53 metros, e do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, com 35 metros. A iluminação da árvore da Coelce terá 5100 lâmpadas de led, que possuem baixo consumo de energia e são mais seguras. A economia de energia com produtos de tecnologia led pode chegar a 80%.

Além disso, será a maior árvore de Natal decorada com renda do país, com a aplicação de 950 metros de rendas. Parte destas rendas foram produzidas pela comunidade de Penedo, em Maranguape. A comunidade estimula o potencial criativo de bordadeiras e rendeiras e capacita 30 mulheres para o desenvolvimento de habilidades como corte, modelagem e costura voltadas para a confecção de peças de vestuário e moda em geral, estimulando o empreendedorismo.

Durante todo o período natalino, até o início do próximo ano, a árvore será acesa diariamente, sempre às 18h. No evento de inauguração, haverá também a apresentação do Coral da Coelce e da Orquesta Bachiana de Aquiraz para o público interno. A árvore foi idealizada em parceria com o produtor de eventos Cláudio Silveira, da Equipe de Produção.

Energia Social

O programa, criado pela companhia em 2007, tem o objetivo de aproximar a Coelce das comunidades com alto índice de vulnerabilidade social de Fortaleza, Região Metropolitana e Interior do estado, permitindo aos grupos atendidos, o aprendizado e aperfeiçoamento de técnicas produtivas, o acesso a conhecimentos nas áreas de gestão,  vendas, controle de qualidade e acompanhamento da produção, e contribuindo para a profissionalização destes empreendimentos solidários.

Desde o início, foram contempladas 9444 pessoas de 67 comunidades dos municípios de Fortaleza, Cascavel, Pacajus, Pacatuba, Sobral, Limoeiro do Norte, Caucaia, Horizonte, Maracanaú, Maranguape, Itapipoca, entre outros. Além disso, mais de R$ 2.000.000,00 foram investidos em ações desde o início no programa.

Serviço:
Evento: Inauguração da árvore de Natal da Coelce
Data: 4 de dezembro
Horário: 18h
Local: Sede da Coelce – Rua Padre Valdevino, nº 150 – Bairro Joaquim Távora

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Cagece disponibiliza simulador de tarifa de contingência para clientes

A partir de hoje (03), os clientes da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) contam com mais um auxílio para acompanhar quanto vão pagar pela tarifa de contingência, caso ultrapassem a meta de consumo que começa a valer este mês.  A Companhia disponibilizou na internet um simulador que permite conhecer a meta estabelecida pela contingência e calcular a conta. Por meio do simulador, é possível saber quanto o cliente vai pagar por cada serviço: água, esgoto e tarifa de contingência (se for o caso).

A ferramenta está disponível no portal da Cagece (www.cagece.com.br) e traz, de forma simples e didática, os valores cobrados na conta. Para simular a conta, basta preencher o volume de água consumido.

Para utilizar o simulador é fácil, acesse o portal da Cagece (www.cagece.com.br) e clique em “Atendimento Virtual”, na barra de serviços à direita da tela. Em seguida, clique no ícone “Tarifa de Contingência” e escolha a opção “Simulador”. Para simular a conta é necessário ter em mãos o número de inscrição e o CPF ou CNPJ do cliente.

Além da simulação a página também oferece dicas de economia de água e respostas para perguntas frequentes. O sistema é interativo e possui janela com texto explicativo quando o cursor é colocado sobre qualquer campo. O simulador não calcula outros serviços que tenham sido solicitados junto à Cagece.

Saiba mais

A meta de consumo é estabelecida a partir da média anual, calculada no período de outubro de 2014 a setembro 2015.  Além do simulador, cada cliente terá acesso à sua meta na própria conta ou através de carta que será entregue nos imóveis. A tarifa de contingência passará a valer em Fortaleza a partir do dia 19 de dezembro. Já na Região Metropolitana, a tarifa entra em vigor no dia seguinte (20/12).

Por Leonardo Costa da Ascom da Cagece

Instituto Jogue Limpo recebe prêmio socioambiental e Selo Verde do Instituto Chico Mendes

Lançamento do programa em Fortaleza-CE
Desde o início das operações, em 2005, foram encaminhadas para reciclagem mais de 427 milhões de embalagens plásticas

Associação de empresas que tem como objetivo colocar em prática a logística reversa de embalagens plásticas de óleo lubrificante usadas, o Instituto Jogue Limpo recebeu, nesta terça-feira (24/11), em São Paulo, o Prêmio Chico Mendes na Categoria Gestão Socioambiental Responsável.

Concedido pelo Instituto Chico Mendes, o prêmio é considerado um dos mais importantes do País, levando em consideração critérios como problemática solucionada, ineditismo e potencial transformador, multiplicador e educacional de iniciativas em prol do meio-ambiente.

De acordo com o Instituto Chico Mendes, além dos excelentes resultados obtidos nos últimos anos, merece destaque a contribuição do Instituto Jogue Limpo na aplicação e atendimento às políticas públicas.

Junto com o prêmio, o Instituto Jogue Limpo recebeu o Selo Verde do Instituto Chico Mendes, certificação que tem como objetivo reconhecer e estimular boas práticas que tenham como princípio a sustentabilidade, a justiça social e o respeito à vida.

"Nosso trabalho vem crescendo constantemente, tanto que, atingimos nos últimos dias a expressiva marca de mais de 427 milhões de embalagens plásticas encaminhadas para reciclagem, desde o início das nossas operações em 2005", conta Ezio Antunes, Diretor Executivo do Instituto Jogue Limpo. "Esse é um excelente resultado, que nos enche de orgulho, representativo da nossa atuação, mas que também faz com que nossa responsabilidade seja ainda maior", avalia.

O Instituto Jogue Limpo, tem sua origem em programa iniciado em 2005, no Rio Grande do Sul, por iniciativa dos principais fabricantes de lubrificantes

Comemorando, em 2015, 10 anos de atuação, o Jogue Limpo opera hoje em mais de 3.250 munícipios, em 14 Estados e DF.

De acordo com o Diretor Executivo do Instituto, nas localidades e segmentos onde o Jogue Limpo atua, o programa vem conseguindo recolher mais de 50% das embalagens plásticas de lubrificantes lançadas no mercado automotivo.

"Nosso trabalho tem sido efetivo", diz. "O programa chega aos 10 anos de uma maneira madura, superando metas e contando com o reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e dos órgãos ambientais", observa.  "Esse foi um período de aprendizado e conscientização. A meta do Instituto agora é expandir a sua atividade para novas áreas, mas com a experiência adquirida, deverá utilizar uma modelagem que tenha maior envolvimento de todos os participes do mercado”, indica Antunes.

A premiação aconteceu durante o 2º Fórum Empresarial Chico Mendes de Sustentabilidade, em São Paulo.

Em setembro, o Instituto Jogue Limpo conquistou outro prêmio. O segundo lugar na categoria Tecnologia na 14a edição do Prêmio von Martius de Sustentabilidade, pelo seu trabalho na logística reversa. A entrega do prêmio ocorreu durante o Congresso Ecogerma 2015, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo.

A premiação, criada em 2000 pelo Departamento de Meio Ambiente, Energias Renováveis e Eficiência Energética da Câmara de Comércio Brasil-Alemanha, contempla trabalho de empresas, organizações não-governamentais, indivíduos, governos e instituições que promovam o desenvolvimento econômico, social e cultural alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável.

 Fonte: Lettera Brasil

Equipamentos sonoros apreendidos são descartados e enviados para reciclagem

Equipamentos sonoros apreendidos devido ao uso irregular serão descartados e encaminhados para a reciclagem nesta sexta-feira (04/12), a partir das 10 horas, no estacionamento da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). Serão descartadas 245 estruturas que não foram resgatadas no prazo estabelecido em lei. Muitas se encontram deterioradas por conta da ação do tempo. Outros 44 materiais serão entregues a instituições que se adequaram às regras de doação.

Este é o segundo descarte de equipamentos sonoros promovidos pela Seuma, em 2015. No primeiro semestre deste ano, no Dia Mundial de Conscientização sobre Ruído (29/04), foram descartadas 100 estruturas e nove foram doadas. Ao todo, em 2014, 516 materiais foram descartados e outros 114 doados a entidades. Em 2013, mais de 90 equipamentos foram descartados.

Os materiais destruídos são encaminhados para empresa especializada em coleta de resíduos eletrônicos. Estes componentes são separados e destinados para o setor industrial a fim de serem reutilizados. A madeira e demais materiais seguem para a Rede de Catadores do Ceará, incrementando uma arrecadação fomentada pela Prefeitura de Fortaleza que, somente em grandes eventos realizados no ano passado, como Copa do Mundo e Limpa Brasil, coletou 87 toneladas de resíduos.

As equipes de fiscalização da Seuma, em parceria com demais órgãos, como o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), apreenderam, até novembro deste ano, 571 equipamentos sonoros irregulares.

Serviço
Descarte de equipamentos sonoros
Dia: 01/12/2015 (sexta-feira)
Horário: 10 horas
Local: estacionamento da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) - Avenida Dep. Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras



Fonte e foto: Seuma